Quinta, 20 de Janeiro de 2022
Geral Geral

Prefeituras do estado de São Paulo reajustam tarifas de ônibus

Para quem utiliza o Bilhete Único, a passagem passará para R$ 4,90

31/12/2021 às 08h25
Por: Redação Fonte: EBC
Compartilhe:
© Rovena Rosa/Agência Brasil
© Rovena Rosa/Agência Brasil

Diversas cidades do estado de São Paulo vão iniciar o ano de 2022 com reajuste no transporte público. Na capital paulista, no entanto, o prefeito Ricardo Nunes deu entrevistas recentemente informando que vai segurar o preço dos ônibus, por enquanto.

Em Franco da Rocha, na Grande São Paulo, a tarifa do transporte coletivo vai subir a partir do dia 1º de janeiro e passará de R$ 4,80 para R$ 5. “Aumentar tarifa sempre é a pior decisão a ser tomada, mas entendemos que seria inevitável”, disse a prefeitura, em nota, justificando que o último aumento ocorreu em 2019 e que, desde então, a inflação acumulada já apontaria para uma tarifa de R$ 6,10.

Em Caieiras, a prefeitura divulgou em suas redes sociais que a passagem passou de R$ 4,80 para R$ 5.

Já em Guarulhos, a passagem vai subir a partir do dia 2 de janeiro. A tarifa de ônibus para quem paga em dinheiro passará de R$ 4,70 para R$ 5. Para quem utiliza o Bilhete Único, a passagem passará para R$ 4,90. Uma terceira tarifa, paga pelas empresas através do vale-transporte a seus funcionários, custará R$ 5,50. Por meio de nota, a prefeitura de Guarulhos disse que o reajuste será abaixo da inflação acumulada.

“Neste ano a prefeitura investiu R$ 71 milhões em subsídios ao sistema de transporte municipal. Sem esse aporte, a passagem dos ônibus em Guarulhos custaria R$ 5,52 para todos os passageiros, inclusive àqueles que gozam de gratuidades, como idosos de 65 anos ou mais, estudantes e professores”, disse a prefeitura.

Em Diadema, a passagem de ônibus vai subir, a partir do dia 2 de janeiro, para aqueles que pagam em dinheiro. Nesse caso, o valor vai passar de R$ 4,65 para R$ 5,10. Para pagamento em vale transporte, a tarifa será de R$ 6. Já para quem usa o cartão SOU+Diadema, a tarifa permanecerá a mesma: R$ 4,25.

Na cidade de Campinas, os ônibus serão reajustados a partir do dia 3 de janeiro. Com os novos valores, a tarifa do Bilhete Único Comum passará de R$ 4,55 para R$ 5,15. O vale transporte passará de R$ 4,95 para R$ 5,60. Os usuários das linhas Circular-Centro (conhecida como Linhão da Saúde) que pagavam R$ 3,30, a partir do reajuste pagarão R$ 3,73.

"Para minimizar o impacto para os usuários do sistema de transporte, a prefeitura definiu um reajuste abaixo da inflação do período. Enquanto o índice acumulado foi de 16,52% de julho de 2019 a novembro de 2021, o reajuste aplicado às tarifas foi, em média, de 13,16%”, justificou a prefeitura.

A cidade de São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, informou que ainda não vai subir o preço da passagem. A prefeitura de Santo André, por sua vez, disse que não vai subir a tarifa de ônibus em 2022 e que ela permanecerá, até 2023, em R$ 4,75.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários