Sexta, 12 de Agosto de 2022
Artigos Problemas

Vida de caminhoneiro: Tutorial sobre os problemas enfrentados pela profissão

Além de relatar os principais problemas, demos dicas de como evitá-los

17/01/2022 às 08h20 Atualizada em 29/04/2022 às 15h49
Por: André Baioff Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Todas as profissões têm lá as suas dificuldades, não é mesmo? Não seria diferente com a profissão de caminhoneiro. Além das péssimas condições de algumas estradas, os nossos guerreiros dos pesadões ainda têm que lidar com segurança, saúde e falta de apoio dos governantes.

 

Acompanhe este artigo para você saber mais sobre o assunto!

 

Aqui você encontra:

 

Quais são os principais problemas dos caminhoneiros?

 

Como vamos abordar bastante os percalços vividos pelos caminhoneiros, neste tópico, te diremos objetivamente 5 deles:

 

  1. Insegurança

  2. Más condições nas estradas

  3. Falta de pontos de apoio

  4. Dificuldades financeiras

  5. Saudade da família

 

Agora vamos saber quais são os problemas de saúde mais recorrentes nos caminhoneiros, continue acompanhando!

 

Problemas de saúde mais comuns entre os caminhoneiros

 

Problemas de saúde são recorrentes em diversas profissões, não é verdade? Porém, sempre há algumas mais presentes em certas ocupações, como é o caso dos caminhoneiros .  Entre esses, vamos listar 3:

 

1- Sobrepeso ou obesidade

 

Caminhoneiros relatam que é muito difícil achar alimentos saudáveis e balanceados pelas estradas afora. Outro agravante é o sedentarismo nessa população, já que passam horas a fio sentados dirigindo. 

 

Isso tudo faz com que os caminhoneiros adquirem obesidade , um fator de saúde que vai além da estética. Ou seja, o problema é que os caminhoneiros se alimentam com produtos industrializados pela praticidade e, também, comem em restaurantes que abusam de óleos e comidas gordurosas.

 

2- Hipertensão

 

Aqui nós podemos ligar ao item anterior, já que pode ser causado pela má alimentação e pela falta de exercícios físicos. A pressão alta é uma doença perigosa, pois tem muita relação com o aumento de doenças cardiovasculares. Quem já desenvolveu esse problema precisa de acompanhamento médico e tratamento adequado.

 

3- Doenças infectocontagiosas

 

Pela sua realidade de trabalho intenso e de viagens constantes o caminhoneiro fica também mais exposto a adquirir doenças causadas por vírus e bactérias. É o caso de viroses, infecções, hepatite e, até mesmo, doenças sexualmente transmissíveis.

 

É importante tomar os cuidados para aumentar a sua imunidade e se prevenir.

 

7 dicas de como lidar com as situações na estrada

 

1- Abasteça apenas em postos confiáveis

 

Você certamente conhece vários caminhoneiros, não é mesmo? Trocar dicas sobre postos de qualidade é uma boa maneira de evitar esse problema. Além disso, você pode procurar opiniões ou denúncias na internet. Desconfie quando houver uma diferença muito grande entre um posto e outro e observe também como seu caminhão reage depois de abastecer.

 

2- Não dê caronas

 

Para se precaver, não dê caronas para nenhum desconhecido. E lembre-se: um colega feito em um ponto de parada ou durante um almoço não virou necessariamente seu conhecido. Tenha muito cuidado!

 

3- Fique atento às condições de dirigibilidade

 

Quando for preciso dirigir à noite, redobre os seus cuidados . Fique muito atento à estrutura da estrada e ao comportamento de outros motoristas. Nesse horário, pequenos sustos com outro carro, caminhão ou algum buraco na estrada podem causar acidentes e grandes prejuízos.

 

4- Faça paradas e relaxe o corpo

 

Quando você dirige cansado, qualquer imprevisto na estrada ganha proporções maiores — fica mais difícil reagir no tempo adequado, por exemplo. Por isso, tenha consciência e planeje todos os seus pontos de parada. Caso sinta necessidade, você também pode fazer pausas não planejadas. Esse não é um tempo perdido, pois você volta para a boleia com mais atenção e energia.

 

5- Leve kits de mecânica básica e de primeiros socorros

 

Outra maneira de se preparar para lidar com as situações da estrada é ter kits emergenciais. Um para você e outro para o seu caminhão. Leve sempre na sua bagagem os remédios que você toma com frequência e alguns outros que podem ser necessários. Medicamentos para dores de cabeça e resfriados são bem-vindos. Além disso, tenha materiais para limpar feridas e fazer curativos.

 

6- Respeite as leis de trânsito

 

Muitos problemas na estrada podiam ser extintos se todos praticassem a direção defensiva . Você, que é motorista profissional e tem experiência com as diversas situações enfrentadas em uma viagem, tem a responsabilidade de dirigir por si mesmo e pelos outros. Muitos motoristas são inexperientes e acabam causando riscos sem perceber.

 

7- Tenha o apoio de uma proteção veicular

 

Quem trabalha em frotas provavelmente conta com o suporte da empresa e equipamentos modernos, como rastreadores. Para os motoristas que atuam de forma independente, entrar em uma cooperativa é uma ótima opção. Você protegerá seu caminhão e contará com vantagens como suporte à emergência 24h, assistência para reparo e cobertura contra roubo.

 

3 maneiras de se preparar para enfrentar as estradas

 

1- Planeje a melhor rota

O planejamento da rota é a principal atitude preventiva em relação aos problemas dos caminhoneiros. Dificuldades podem ser evitadas ou minimizadas com essa prática.

 

Na hora de planejar sua viagem fique atento à escolha das rodovias por onde vai trafegar. Prefira sempre ir por estradas conhecidas. Se fizer algum tempo que você não passa por alguma, informe-se sobre as condições atuais dela. Evite rodar por estradas com estrutura precária ou maior risco de assalto.

 

Além disso, programe bem as suas paradas e dê preferência por viajar durante o dia e descansar à noite. É importante pensar nas condições físicas: os hormônios do sono agem melhor no período noturno. Assim, trocar os horários não é a melhor opção — você terá mais dificuldade para dormir durante o dia e dirigir à noite.

 

Tenha atenção também com a carga que você levará. Conheça as condições de armazenamento e tome todos os cuidados necessários com ela. Lembre-se de estar com a documentação adequada para não ter problemas com a fiscalização de algum estado por onde for passar.

 

2- Mantenha a manutenção do caminhão em dia

 

Essa é outra prevenção importantíssima antes de pegar a estrada. Quem trabalha viajando precisa dar a devida importância para as manutenções preventivas. Elas podem evitar muitos problemas dos caminhoneiros. Afinal, ninguém quer ficar parado na estrada por uma pane mecânica ou precisar interromper a viagem para consertar algo, não é mesmo?

 

Todos os gastos com o caminhão são investimentos. Tenha cuidado com o desgaste das peças e faça todas as revisões do dia. Além disso, observe o funcionamento dele antes de partir. Calibre todos os pneus, verifique se as luzes e o limpador de pára-brisa estão em boas condições e cheque os níveis de água, óleo e combustível.

 

3- Esteja em boas condições físicas e mentais

 

Você só pode se preparar para fazer uma rota se estiver bem. Evite começar uma viagem se está se sentindo mal fisicamente ou com algum problema emocional (muito triste ou irritado, por exemplo). Esses estados afetam suas condições de dirigir e podem expor você a riscos desnecessários.

 

Aqui vale um reforço: dormir bem antes de viajar é essencial. O sono é um dos principais vilões na estrada. Muitos acidentes, inclusive com morte, poderiam ser evitados se as pessoas tomassem esse cuidado básico. Por isso, não force os seus limites. Certifique-se de estar descansado o suficiente para pegar a estrada.

 

Além do sono, cuide também da sua alimentação. Fazer refeições leves antes de viajar ajuda a evitar desconfortos e manter-se concentrado. Levar alimentos, como frutas e barras de cereal, é uma boa dica. Beber bastante água também é importante — a desidratação pode atrapalhar sua direção e causar problemas de saúde.

 

E aí, gostou do nosso artigo? Compartilhe ele com o pessoal do Zap e Facebook!

 

Até a próxima!

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários