Quarta, 25 de Maio de 2022
Conteúdo de Marca Consulta de Placas

Como funcionam e como consultar placas de caminhão?

Quando falamos sobre consultas de veículos é importante entender que cada um possui a sua própria identificação, que funciona basicamente no mesmo esquema do “CPF”

04/02/2022 às 08h26 Atualizada em 16/02/2022 às 17h37
Por: Zapay
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Quando falamos sobre consultas de veículos é importante entender que cada um possui a sua própria identificação, que funciona basicamente no mesmo esquema do “CPF”. Ou seja, cada veículo possui sua única e própria numeração. Essa identificação é chamada de placa.  Mas, você sabe como funcionam as placas de caminhão e como consultá-las?

 

Se você não sabe, leia esse conteúdo até o final que iremos te explicar. 

 

Para que servem as placas nos veículos?

Primeiro de tudo, é importante entender que cada unidade de federação possui sua própria combinação de letras e números, seguindo e apresentando uma sequência única em cada país.

 

A origem dessas letras e números tem a ver com o Estado em que cada veículo é emplacado. O procedimento foi adotado em meados de fevereiro de 1990, quando as placas com duas letras e quatro números foram substituídas pelas placas com três letras na cor cinza. 

 

Cada estado possui uma combinação própria, distribuídas pela frota local em ordem cronológica de licenciamento ou emplacamento.

 

No entanto, é possível encontrar placas com cidades e combinações diferentes, o que acontece porque, se um veículo é emplacado originalmente em um endereço e o proprietário muda, troca-se apenas a indicação de cidade e estado.

 

E como realizar a consulta de placa de caminhão?

Realizar a consulta de placa de um veículo é uma atitude que deve ser regular quando o assunto é entender se o automóvel está em ordem. E com os caminhões isso não é diferente. Cada um possui sua própria identificação, seguindo os mesmos detalhes explicados acima.

 

Para realizar a consulta de placa de caminhão e entender melhor os débitos e pendências para seu veículo, existem três caminhos que podem ser seguidos: 

 

  • Consulta pelo portal online do DETRAN do estado em que o veículo está registrado;

  • Pelo site da ANTT;

  • Ou até mesmo procurando um despachante credenciado.

 

 

 

Realizar consultas frequentes em seu caminhão previne surpresas repentinas no seu dia a dia, que podem te fazer sair do seu planejamento financeiro. O ideal é buscar essas informações com uma certa periodicidade e não apenas quando existe uma suspeita de multa ou de débito em aberto.

Existe uma terceira placa para caminhões?

Ao falarmos sobre o emplacamento de caminhões, talvez você até já tenha reparado que alguns deles possuem o que chamamos de “terceira placa”.

 

Essa terceira placa, também conhecida como auxiliar de identificação veicular ou faixa ouro, consiste em duas faixas amarelas com escritos em preto que contém as mesmas informações da placa tradicional. No entanto, estas são refletoras.

 

Fixadas na traseira dos caminhões, reboques e semirreboques que apresentam peso bruto total ou superior a 4.536kgs, as famosas terceiras placas têm gerado muita discussão no Contran, que vêm implementando e revogando a decisão do uso desta placa ao longo dos anos. 

 

No momento, ela ainda é facultativa, podendo se tornar obrigatória nos próximos anos. Mas, é claro, este é um ponto de atenção que também deve ser observado, assim como a consulta regular da placa do seu caminhão.



E os caminhões podem ter a placa mercosul?

E, claro, não podemos deixar de falar da nova e famosa placa Mercosul

 

Para te contextualizarmos, é fundamental entendermos que esse modelo está sendo adotado no Brasil, Argentina, Uruguai, Venezuela e Paraguai e tem como principal objetivo padronizar e diminuir problemas de fraude e roubos, já que a identificação, inclusive fora do país, fica ainda mais efetiva.

 

Desde fevereiro de 2020, seu uso se tornou obrigatório. No entanto, para caminhões, carros e até mesmo motos mais antigas, a placa só deve ser trocada, obrigatoriamente, se o veículo for transferido para outro proprietário, país ou cidade. A mudança também deve ser feita se o veículo for furtado ou tiver sua placa anterior danificada. 

 

Com a transição ainda ocorrendo desde 2020, o governo espera que nos próximos anos, toda a frota do país já tenha migrado para este modelo, que é muito mais seguro, prático e, ainda por cima, oferece mais combinações de placas por ter uma numeração diferente.  

 

 

 

Por que é importante consultar a placa de caminhão?

Como te explicamos mais pra cima, consultar a placa do seu caminhão regularmente é uma forma de prevenir o seu bolso e evitar possíveis surpresas que possam atrapalhar o seu orçamento. 

 

Além disso, estando sempre em dia com seus débitos veiculares, você não precisa se preocupar com eventuais problemas com o DETRAN e outros órgãos competentes, seja na hora de vender o seu veículo ou até mesmo em situações corriqueiras - como uma blitz, por exemplo.

 

Se você gostou desse conteúdo, não deixe de conferir todas as postagens do nosso blog para ficar por dentro das melhores informações e novidades sobre como consultar a placa do caminhão e muito mais.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Tudo sobre débitos veiculares
Tudo sobre débitos veiculares
Sobre "Tem dúvidas sobre impostos e multas sobre seu veículo? Aqui vamos te explicar tudo e ensinar a melhor maneira de circular de forma regular nas vias e rodovias do Brasil. A coluna é uma parceria entre a Zapay, startup especializada no pagamento e parcelamento de débitos de veículos e o Portal On Truck".
Enquete