Domingo, 29 de Maio de 2022
Mulheres na Boleia Reconstrução

“Musa das Estradas” passa por cirurgia de reconstrução facial em Blumenau (SC)

Após grave acidente em MT, caminhoneira passou pela cirurgia nesta quinta-feira (17)

22/02/2022 às 09h03
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

O momento é de recuperação para a caminhoneira catarinense Aline Füchter (31) que passou pela terceira cirurgia após o grave acidente sofrido em janeiro. Natural de Tubarão, Aline se acidentou no dia 13 de janeiro, no Mato Grosso, e precisou de ajuda para ser resgatada, com diversas fraturas.

 

Depois de um procedimento na perna e no braço, nesta quinta-feira (17) ela se submeteu a uma reconstrução facial na cidade de Blumenau, com os médicos José Carlos Martins Junior, referência em procedimentos no crânio e com o médico Dr. Amadeu Fialho. Antes da cirurgia ela postou nas suas redes sociais, onde possui mais de 1.5 milhão de seguidores, que havia escolhido o melhor profissional para fazer o procedimento, e brincou; “O médico vai me deixar mais bonita que antes”.

 

- Eu já seguia o Dr. Martins nas redes sociais e gostava do trabalho dele, não apenas porque ele faz reconstrução facial, mas também porque é especialista em feminização facial, ou seja, ía poder me ajudar, mas cuidando também da aparência, acrescentou.

 

Segundo o médico, Aline tinha uma fratura de terço médio da face e a cirurgia foi de reconstrução do assoalho da órbita, do osso zigomático e da mandíbula. A paciente já ganhou alta um dia após o procedimento, na sexta-feira.

 

“Correu tudo bem com a cirurgia, porém será uma recuperação lenta. Devido as sequelas estéticas, ela ainda passará por algumas cirurgias ao longo dos meses para reparação, e em sete dias faremos um retorno para a retirada dos pontos e avaliação”, pontuou José Carlos Martins.

 

Aline, que segue em recuperação em Blumenau por pelo menos uma semana está ansiosa pela volta a rotina. “Não vejo a hora de voltar a dirigir, mas principalmente de voltar a andar, o que deve levar pelo menos um mês ainda”, comentou.

 

Devido as fraturas, desde que ganhou alta após o acidente, Aline depende de uma cadeira de rodas para se locomover. A caminhoneira ainda terá que refazer a cirurgia no braço, pois o primeiro procedimento não saiu como o esperado.

 

- Ainda tenho um longo caminho a percorrer antes de voltar a trabalhar. Como o caminhão tinha seguro, assim que tiver em plenas condições vou escolher outro e voltar pra estrada, disse ansiosa.

 

Até lá o foco é se recuperar plenamente. Aline também agradeceu as milhares de manifestações e mensagens que recebeu após o acidente. “Fiquei emocionada com a repercussão e o carinho das pessoas. Foram muitas mensagens recebidas e é muito bom saber que pessoas que nem conhecemos se solidarizam e nos desejam o melhor”, concluiu.

 

O acidente

Aline sofreu o grave acidente no Mato Grosso, na BR-174, entre os municípios de Porto Esperidião e Pontes e Lacerda. A carreta que ela conduzia, uma Scania R450, bateu na lateral de outra carreta que seguia no sentido contrário da rodovia. A catarinense ficou presa às ferragens e foi encaminhada a um hospital da região com fratura no braço e escoriações pelo corpo, inclusive lesões na face.

 

Após a alta médica ela ainda enfrentou dificuldades para retornar pra casa, onde foi impedida de embarcar em voo para Santa Catarina e teve que encarar mais de 2 mil km de estrada num carro alugado. Tudo foi compartilhado em seu perfil na internet.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários