Domingo, 29 de Maio de 2022
Turismo Câmara dos Deputados

Projeto cria nova rota turística no Rio Grande do Sul

O Projeto de Lei 109/22 cria a Rota Turística da Quarta Colônia, no Rio Grande do Sul

25/02/2022 às 14h16 Atualizada em 25/02/2022 às 15h04
Por: Redação Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
O autor do projeto, deputado Osmar Terra - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
O autor do projeto, deputado Osmar Terra - (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)

O Projeto de Lei 109/22, do deputado Osmar Terra (MDB-RS), cria a Rota Turística da Quarta Colônia, no Rio Grande do Sul. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados.

 

Pelo texto, a rota sugerida terá o objetivo de estimular o desenvolvimento do turismo cultural, histórico, de natureza, gastronômico, de aventura e científico nos municípios gaúchos de Agudo, Dona Francisca, Faxinal do Soturno, Ivorá, Nova Palma, Pinhal Grande, Restinga Seca, São João do Polêsine e Silveira Martins.

 

A estruturação, a gestão e a promoção dos atrativos turísticos na região receberão apoio de programas oficiais voltados para o fortalecimento da regionalização do turismo.

 

Quarta Colônia de Imigração Italiana é uma região localizada no centro do Rio Grande do Sul. Recebe esse nome por ter sido o quarto centro de colonização italiana no estado, no século 19.

 

“Entre os encantos que esperam o visitante, pode-se destacar a escalada ou uma caminhada noturna ao Monte Grappa, em Ivorá, assim denominado em homenagem a seu homônimo italiano”, exemplifica Osmar Terra. “Ou, então, o trajeto do Caminho da Uva e das Águas, nas comunidades de Val de Buia e Val Feltrina, em Silveira Martins, berço da Quarta Colônia.”

 

O parlamentar destaca ainda o patrimônio paleontológico da região, onde há registros de fósseis de dinossauros.

 

Tramitação

O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Turismo; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários