Sexta, 20 de Maio de 2022
Infraestrutura Pará

Programa de Qualidade nas Obras da BR-316 busca garantir eficiência da execução do projeto

Em todo o processo de execução das obras da BR-316, que ocorre ao longo dos primeiros 10.8 km da rodovia pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), é aplicado o Programa de Qualidade

03/03/2022 às 08h42 Atualizada em 03/03/2022 às 08h50
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet
Foto: Ascom / NGTM

 

Em todo o processo de execução das obras da BR-316, que ocorre ao longo dos primeiros 10.8 km da rodovia pelo Governo do Pará, por meio do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), é aplicado o Programa de Qualidade que tem como objetivo garantir a eficiência da execução do projeto e qualidade das obras.

 

Para isso, são realizadas testagens dos materiais utilizados na obra, desde a tubulação, passando por materiais de solo, tijolo, até a concretagem, como a etapa que está sendo executada atualmente para a construção do corredor exclusivo do BRT Metropolitano. Antes da fase final da pavimentação rígida no canteiro central da via, os materiais utilizados são submetidos a uma série de testes em laboratórios.

 

Foto: Ascom / NGTM

 

De acordo com o diretor geral do Núcleo, Eduardo Ribeiro, é importante a aplicação das avaliações, pois elas seguem os parâmetros exigidos pelo projeto, envolvendo desde materiais básicos da obra até estruturas metálicas. “O Programa de Qualidade segue especificações do projeto que visam garantir um melhor resultado, fundamentalmente se as especificações do projeto estão sendo atendidas.

 

Todos os grandes projetos de engenharia estão com foco voltado para a qualidade. No caso da BR, é ainda mais complexo devido a quantidade grande de itens, como drenagem, pavimentação flexível, rígida, passarelas e outros”, acrescenta.

 

São coletadas amostras do material aplicado e levado para análise em pelo menos dois laboratórios distintos, da empreiteira e gerenciadora da obra. O material passa por outros processos para testagem de resistência. No caso específico do concreto, os estudos levam tempo mais estendido, fases de 7, 14 e 28 dias para o resultado final de qualidade.

 

Foto: Ascom / NGTM

 

“O programa é fundamental. Não se faz nada na obra sem a garantia de qualidade. Todo material precisa ser testado. O programa executa os ensaios de caracterização e resistência dos materiais empregados liberando as frentes de serviço. É uma cadeia de etapas que aprova a qualidade dos suprimentos até o produto final”, explica Alberto Matta, diretor de obras do NGTM.

 

Outro exemplo de cuidado é a construção do prédio do Centro de Controle Operacional (CCO) - localizado no complexo do Comando Geral da Polícia Militar, na avenida Augusto Montenegro - onde concentrará a operacionalização do sistema integrado de transporte. O espaço segue normas internacionais de sustentabilidade desde a construção no canteiro de obras até o funcionamento.

 

 

Siga o Portal On Truck nas redes sociais. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin. Acompanhe também os nossos vídeos em nosso Canal no Youtube e receba as notícias diárias em nosso Grupo de WhatsApp.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários