Sexta, 20 de Maio de 2022
Startup e Inovação Inovação

MOVAH Group implementa placas solares em caminhões elétricos e garante logística sustentável à são salvador alimentos

O primeiro veículo 100% elétrico com a tecnologia fotovoltaica já está em testes e atenderá operação do grupo empresarial São Salvador Alimentos

17/03/2022 às 13h03 Atualizada em 17/03/2022 às 13h07
Por: Redação Fonte: MOVAH Group
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A São Salvador Alimentos, que figura entre as 100 maiores empresas do agronegócio brasileiro, em ranking da Forbes, é a primeira companhia a rodar com a tecnologia projetada pelo time de ESG (Environmental, Social and Governance) da MOVAH.

 

As placas solares, instaladas no teto do baú do veículo, gerarão energia limpa o suficiente para refrigerar os produtos da SSA em temperaturas ideais para o transporte e armazenamento. O grupo SSA possui duas marcas de produtos B2C: a SuperFrango, marca especializada em produtos resfriados e congelados de carne de frango e a Boua, marca com um grande portfólio de produtos com alto valor agregado, comercializando lácteos, pescados, embutidos, processados e afins.

 

• Compartilhe essa notícia no WhatsApp

• Compartilhe essa notícia no Telegram

 

Ainda não se sabe quantos kilowatts serão armazenados no pico de incidência de raios solares, mas o que se pode afirmar é que, a ideia de utilizar o sol (que normalmente aquece o veículo e o faz consumir mais energia) como fonte energética, é brilhante.

 

“Fomos pioneiros no transporte com elétricos frigorificados no Brasil. Agora, nós pretendemos torná-lo ainda mais sustentável. O sol, que antes não era um aliado, e que aumentava o nosso consumo de energia, é o mesmo sol que agora vai resfriar a carga do nosso cliente. O caminhão é, praticamente, um ecossistema em movimento. Todo esse esforço para tentar fechar o ciclo de uma logística de transporte 100% alinhada com a preservação do meio ambiente.” Reforça Thiago Suzin, CEO da MOVAH Group.

 

Thiago ainda ressaltou que cada veículo elétrico neutraliza cerca de 30 toneladas de CO2 ao ano, com uma autonomia de cerca de 200 quilômetros. Já nos elétricos com a tecnologia solar, esses números devem dobrar, e a ideia é expandir o projeto para os demais veículos frigorificados da frota elétrica, que já conta com mais de 40 caminhões.

 

Recentemente, o grupo também assinou o Pacto Global das Nações Unidas, a maior e mais importante iniciativa de sustentabilidade corporativa do mundo. 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários