Domingo, 29 de Maio de 2022
Segurança nas Estradas Desmantelados

A estratégia da polícia para desvendar golpe a três caminhoneiros em Joinville

Polícia Civil já ouviu o depoimento dos três caminhoneiros que foram mantidos em um cativeiro e viveram momentos de terror

06/04/2022 às 10h04
Por: Redação Fonte: NdMais
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O último caminhoneiro vítima do golpe que ocorreu no fim de semana em Joinville, no Norte de Santa Catarina, prestou depoimento à Polícia Civil nesta terça-feira, dia 5. Segundo o delegado José Gattaz Neto, o motorista passou alguns detalhes que vão ajudar na investigação.

 

Ele foi o último dos três caminhoneiros a sair do hospital. Na segunda-feira, dia 4, ainda estava muito abalado por conta do líquido que foi obrigado a beber e ficou dopado. Mas nesta terça-feira, dia 5, conseguiu conversar com o delegado e esclarecer melhor a situação.

 

• Compartilhe essa notícia no WhatsApp

• Compartilhe essa notícia no Telegram

 

Os três foram encontrados por meio de uma plataforma de negociação de frete pela internet. Eles têm cadastro nessa plataforma.

 

“Os criminosos encontraram os caminhoneiros lá nessa plataforma e ofereceram para que fizessem frete de Joinville para fora do Estado. Eles aceitaram e vieram até aqui. Em determinado momento, teriam de passar o caminhão por uma fiscalização e nesse momento foram colocados dentro de um veículo, onde foram rendidos e vendados”, relatou o delegado após ouvir o caminhoneiro.

 

 

Já no cativeiro, os três afirmaram que, embora estivessem sob ameaça de arma de fogo todo o tempo, não sofreram agressões físicas. Foram fornecidos comida e água. O tempo todo, no entanto, ficaram vendados.

 

Eles permaneceram ali no cativeiro por dois dias. Apenas no final foram dopados porque eles seriam abandonados e seriam deixados ali desacordados.

 

Com os detalhes que os caminhoneiros passaram, a Polícia Civil agora vai buscar as provas para juntar no inquérito. Uma delas é fazer a análise de imagens no local onde eles foram deixados e sedados. A partir dali , fazer a análise das câmeras nos arredores e verificar qual o veículo foi usado para abandoná-los ali.

 

O fato é que uma quadrilha especializada em roubo de caminhões pode estar por trás do assalto aos três caminhoneiros em Joinville.

 

Há outras diligência sigilosas em andamento que prometem esclarecer os fatos, garantiu Gattaz.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários