Domingo, 29 de Maio de 2022
Artigos Cubagem

Cubagem: o que é, para que serve e porque você deve saber disso

A cubagem traz mais precisão em relação ao valor do frete, por exemplo; saiba mais

09/04/2022 às 11h20
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fala, pessoal! Beleza?

 

Estamos aqui hoje com mais um assunto sobre o universo das estradas!

 

Você que é um motorista profissional, autônomo ou um gestor de uma empresa de logística, já deve ter se deparado com o termo “cubagem”, não é verdade?

 

Esse tema tem uma certa confusão no meio e é pensando nisso que resolvemos trazer este assunto!

 

Ficou curioso? Então, bora lá saber mais?

 

Aqui você encontra:

 

O que é cubagem

 

Basicamente é a relação entre o peso de um produto e o espaço que ele ocupará dentro do veículo. Essa relação é obtida por meio de um cálculo matemático utilizando o fator de cubagem, o que vamos explicar mais adiante neste artigo.

 

O objetivo é conseguir planejar melhor o processo de carregamento, e evitar dois pontos essenciais:

 

  • Que se feche uma carga muito volumosa, mas de baixo peso: o que faria com que se desperdiçasse a capacidade de carga do veículo em kg bruto;

 

  • Que se tenha muitos volumes pequenos, mas muito pesados: o que faz com que se deixe de aproveitar um espaço considerável dentro do veículo (em virtude do limite de peso).

 

Mas, além disso, existe uma certa confusão quando falamos em outros aspectos, como volume, cubagem e peso cubado que você precisa saber antes de prosseguirmos com o assunto. 

 

É exatamente isso que veremos no próximo tópico!

 

Volume, cubagem e peso cubado? Qual a diferença entre eles?

 

Poucos lembram, mas é necessário voltar nos tempos de escola para entendermos mais sobre a diferença entre esses 3 pontos. Por isso, relembramos os conceitos da disciplina de física, o volume de uma caixa pode ser calculado pela fórmula:

 

  • Comprimento x Altura x Largura

 

Por exemplo:

 

A caixa a ser transportada possui as dimensões de:

 

  • Altura: 1 metro

  • Largura: 50 centímetros

  • Comprimento: 70 centímetros

 

Assim, o volume dessa embalagem é de:

 

  • 0,70m x 1,00m x 0,50m = 0,35 m³

 

Resumindo, o termo “cubagem” refere-se ao volume de um objeto X. No caso do exemplo que demos, ela é de 0,35 m³.

 

Quando trazemos isso ao ramo de logística em si, e mencionamos o termo “cubagem”, é mais comum que estejam se referindo à cubagem de carga e seu efeito na quantificação do que deve ser transportado.

 

Entendeu? Ou confundiu mais?

 

Então continue aí para entender melhor! Vamos lá?

 

O tal “fator de cubagem”

 

Sem muitas complicações, é um número constante — definido de acordo com o que se considera como sendo ideal para uma carga —, e equivale a um metro cúbico dentro do veículo usado para o transporte.

 

Cada modal possui um fator de cubagem diferente, dada a diferença da capacidade de carga de cada meio. Os mais comuns são:

 

  • Rodoviário: 1 m³ =300 kg

  • Aéreo: 1 m³ = 166,7 kg

  • Marítimo: 1 m³ = 1 mil kg

 

Apesar desta definição, no caso do envio de cargas fracionadas, alguns transportadores optam por adotar um número menor, já que são transportados vários tipos de produtos — de diversos tamanhos e pesos.

 

Isso faz com que seja muito difícil completar os 300 kg/m³ no veículo, o que significaria preencher todos os espaços vazios. Nesses casos, adota-se uma média de 250kg/m³.

 

Agora sobre o “peso cubado”

 

Ele indica o espaço que é realmente ocupado pela carga dentro do veículo. Esse valor é alcançado por meio de uma fórmula que envolve o comprimento, a largura e altura da embalagem, além do fator de cubagem que a transportadora informa.

 

Sendo assim, o peso cubado pode ser encontrado usando a seguinte fórmula:

 

  • Comprimento x Largura x Altura x Fator de cubagem

 

Exemplo:

 

  • O volume a ser transportado possui as dimensões: 70cm x 40cm x 20cm;

  • O fator de cubagem considerado nesse caso é o padrão de 300;

  • Logo, o peso cubado é de: 0,70 x 0,40 x 0,20 x 300 = 16,8Kg

 

Vale lembrar que, na hora de realizar esses cálculos, é necessário atentar para as unidades de medida do volume. Isso é importante, pois existem empresas que trabalham com a divisão pelo fator de cubagem na fórmula (em vez da multiplicação).

 

Portanto, é necessário verificar as unidades do peso (gramas, quilos ou toneladas) e das dimensões (centímetros ou metros). Assim, sempre que receber a informação do fator de cubagem, é recomendável realizar essa análise e, caso necessário, fazer as conversões.

 

Obs.: O peso cubado no caso da caixa do primeiro exemplo seria de 105 Kg (multiplicando as dimensões pelo fator cubagem de 300).

 

Por que devemos entender a importância da cubagem?

 

Simplesmente porque é uma medição que consegue proporcionar um certo equilíbrio entre a capacidade dos veículos e o volume de mercadorias

 

Por conta disso, seu cálculo têm se tornado uma das etapas mais fundamentais dentro de uma cadeia de logística. Uma vez que ajuda as transportadoras a terem planejamento, organizando seus fretes, economizando tempo e minimizando os custos.

 

Como os espaços vazios em um depósito ou em veículos acabam elevando o preço da manutenção, a cubagem de uma carga pode ser vista como uma facilitadora para que as empresas evitem problemas futuros. Algumas dessas complicações podem estar diretamente relacionadas aos danos causados em caminhões, atraso nas mercadorias ou até mesmo o descumprimento de normas durante a realização das entregas.

 

O que é o fator de cubagem?

 

O fator de cubagem é um coeficiente que sempre será aplicado nos cálculos de peso cubado. Ele é relacionado como a carga “ideal” para um volume proporcional a 1 m³ transportado. De acordo com as definições da Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística (ABTC), o fator de cubagem padrão utilizado no transporte de cargas deve ser de 300 kg por metro cúbico.

 

Seguindo os mesmos dados no exemplo acima, o fator de cubagem nesse caso seria de 36 kg:

 

  • 0,60 m x 0,40 m x 0,50 m x 300 = 36 kg

 

Cubagem X Preço do frete: interfere?

 

Os motoristas dos pesadões bem sabem que só levar em consideração medidas de uma carga e o seu peso bruto fazem com que o preço do frete acabe sendo desproporcional. 

 

Por isso, muitas das transportadoras já optam por incluir a variável “peso x frete” no cálculo da cobrança dos serviços. Essa é uma opção muito interessante, pois  torna o preço um pouco mais atrativo para o consumidor.

 

Esse cálculo entre o “peso x frete” se trata da comparação entre o peso bruto da carga e o cubado, sempre sendo escolhido aquele que possui maior valor entre os dois.

 

Como você pode ver, o cálculo de cubagem é uma métrica muito importante para que as transportadoras alcancem eficiência e qualidade. Embora existam distinções entre os casos de cubagem, fator de cubagem e peso cubado, essas são variáveis que precisam ser analisadas para oferecer um preço mais justo para os clientes.

 

Por meio do resultado, as empresas conseguem adequar melhor os produtos em seus caminhões, favorecendo a logística de transportes e impedindo assim que os custos de manutenção sejam elevados.

 

A importância da cubagem para os negócios

 

Ela é fundamental na identificar qual a capacidade de carga disponível em um veículo e, ao mesmo tempo, quais são suas limitações em peso e volume.

 

Sendo essencial para que conseguir consolidar todos os envios da forma mais eficiente possível, equilibrando o peso bruto com o espaço físico — e evitando as situações como a ociosidade do veículo, que gera aumento de custos operacionais.

 

Em resumo, pode-se dizer que essa métrica é vital para planejar o transporte da melhor forma.

 

Mais um assunto muito interessante e extremamente importante sobre o universo dos caminhoneiros, não é verdade?

 

Então, ajude o portal On Truck compartilhando este artigo entre os grupos de Zap e Facebook da rapaziada!

 

Até a próxima!

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários