Sexta, 20 de Maio de 2022
Trânsito Obras

Vicinais na região de Ourinhos terão Pare e Siga

Operação será executada para obras no pavimento em Ibirarema e São Pedro do Turvo

12/04/2022 às 09h04 Atualizada em 12/04/2022 às 09h36
Por: Redação Fonte: CART
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Duas vicinais terão Pare e Siga na região de Assis, para obras no pavimento. A CART Concessionária de Rodovias prevê a execução dos trabalhos, com interferência no tráfego, das 7h30 às 17h.

 

Nesta terça-feira, 12, A SPT 035, em São Pedro do Turvo, será recuperada do km 3+970 ao 3+990, sentido norte.

 

• Compartilhe essa notícia no WhatsApp

• Compartilhe essa notícia no Telegram

 

Já a IBM 122, ligação ao município de Ibirarema, será recuperada na quinta-feira, 14, na faixa Sul, do km 2+100 ao 2+400.

 

 

 

O sistema Pare e Siga concentra a circulação de veículos em uma faixa, em sentidos alternados. A CART reforça a sinalização nos locais das obras e homens bandeiras orientam os motoristas sobre a interrupção ou liberação do fluxo no sentido. Alinhado à ARTESP – Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo, o cronograma de obras da Concessionária é executado com o apoio operacional do policiamento rodoviário.

 

Sobre a CART

 

As rodovias da CART contribuem para a expansão do comércio, indústria, do agronegócio, do turismo e da prestação de serviços nos 34 municípios cortados pelo Corredor. Em 2021, a Confederação Nacional de Transportes (CNT), divulgou um ranking onde trecho administrado pela Concessionária, foi considerado como o terceiro melhor para viajar do país. Ao longo de todas as edições do Prêmio ARTESP, a CART já foi vencedora nas categorias: “Relacionamento com a Sociedade”, na 3ª Edição; “Segurança Rodoviária”, na 5ª Edição e, na última edição realizada em 2020, se consagrou como a segunda melhor Concessionária do Estado de São Paulo, recebendo o primeiro lugar na categoria "Inovação”. Monitorada e 100% duplicada, a concessão confere segurança e agilidade no trânsito de cargas, conectando o Oeste Paulista com os principais pontos de escoamento da produção do Brasil.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários