Quarta, 25 de Maio de 2022
Segurança nas Estradas Acidente

Caminhoneiro morre ao bater em mureta de praça de pedágio desativada na BR-277; Escuridão dominava o trecho

Um caminhoneiro, de 30 anos, morreu ao bater contra uma mureta da praça de pedágio de São Luiz do Purunã, na BR-277

13/04/2022 às 10h17 Atualizada em 13/04/2022 às 10h56
Por: Redação Fonte: Tribuna
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Um caminhoneiro, de 30 anos, morreu ao bater contra uma mureta da praça de pedágio de São Luiz do Purunã, na BR-277, na manhã desta quarta-feira (13). Segundo testemunhas que acompanharam o acidente, o motorista teria perdido o controle da direção e acertado a estrutura de concreto, arrastando-a por cerca de 50 metros antes de capotar. O homem morreu antes mesmo da chegada do atendimento médico. A praça está desativada desde o final do ano passado e, por isso, sem iluminação alguma.

 

• Compartilhe essa notícia no WhatsApp

• Compartilhe essa notícia no Telegram

 

O posto está desativado desde novembro do ano passado, após a não renovação dos contratos com as concessionárias de pedágio na rodovia. Caminhoneiros que acompanhavam a vítima em um comboio com direção a Marília (SP) afirmam que o local estava escuro no momento do acidente, conforme a imagem publicada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF). Esse tem sido um problema recorrente nas estradas do estado, já que desde o fim da concessão dos pedágios, trechos de algumas rodovias ficam totalmente sem iluminação.

 

Imagem logo após o momento do acidente mostra a escuridão na praça de pedágio desativada.

 

Em nota enviada à reportagem, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) diz que o local estava sinalizado corretamente, e que as investigações do caso serão acompanhadas pela Polícia Científica. Confira a nota na íntegra:

 

“Por volta da 0 hora desta quarta (13), a PRF atendeu um tombamento de caminhão, na praça de pedágio desativada em São Luiz do Purunã, na BR-277. Preliminarmente, segundo o relato dos policiais que atenderam o acidente, o motorista, que seguia no sentido Ponta Grossa – Curitiba, antes de acessar a praça de pedágio, perdeu o controle e tombou o veículo, que estava atrelado a um contêiner (sem informação sobre a carga), colidindo contra a estrutura da praça. O motorista (sem informações sobre a idade), faleceu no local. As informações registradas no tacógrafo indicavam uma velocidade de cerca de 90 km/h no momento do acidente. O local está sinalizado corretamente. Os veículos se encontram no local, sendo que uma faixa (a da direita) está liberada. Sem informações de fila. DER foi acionado para a limpeza do local e a liberação será feita posteriormente. As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Científica“, diz a nota da PRF

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários