Sábado, 21 de Maio de 2022
Artigos Otimização de Rotas

Otimização de rotas: conheça sobre o processo de roteirização em logística

E como a tecnologia pode melhorar esse método

14/04/2022 às 14h09
Por: Redação Fonte: Redação
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Fala, pessoal! Beleza?

 

Estamos aqui hoje com mais um assunto sobre o universo das estradas!

 

Hoje trouxemos um artigo que vai te contar sobre a otimização das rotas de entrega e como isso pode melhorar em muitas questões no ramo de logística.

 

De várias maneiras, a roteirização pode ser feita e você só vai saber se continuar lendo até o final o conteúdo que preparamos!

 

Ficou curioso? Então, bora lá saber mais?

 

Aqui você encontra:

 

A dificuldade em traçar melhores rotas: a importância da roteirização

 

Motoristas profissionais lidam com um impasse: muitas vezes saem do centro de distribuição sem ter a certeza que as entregas serão efetivamente entregues.

 

Isso é causado por muitas variantes que podem ocorrer na rotina desta profissão. Então, as revisitas tornam-se frequentes, como pode-se imaginar!

 

Hoje, já tem um método que pode ajudar nessa questão, como a roteirização.

 

Você sabe o que é isso?

 

Em muitas empresas é comum ter uma pessoa responsável por organizar as entregas e coletas em rotas manuais e passar para os motoristas. A partir do CEP nas notas, o roteirista, como é chamado, avalia as melhores opções segundo o seu conhecimento. 

 

O objetivo da roteirização automática neste caso, além de diminuir o trabalho manual, é gerar as rotas mais assertivas possíveis e com isso, trazer redução de gastos para o transportador. 

 

A roteirização manual e como a tecnologia pode ajudar nisso

 

Primeiro, precisamos frisar sobre as etapas do processo de roteirização manual:

 

1º Passo: Estudar o percurso e encontrar rotas fáceis de compreender todas as entregas;

2º Passo: Considerar as condições das estradas, do trânsito, as capacidades do veículo utilizado;

3º Passo: Elencar todas essas informações, juntamente com o CEP do destinatário.

 

Além disso, o profissional ainda terá que contar com a sorte de não haver surpresas durante o trajeto.

 

Existem outras preocupações que deverão ser levadas em consideração, como:

 

- Que veículo entrega o que e quando?

- Será que vou atender o nível de serviço do meu cliente?

- Quais são as variáveis que tenho para roteirizar?

- Tem regiões perigosas ou restritas para entrega? Como fazer?

- E os cuidados com as apólices de seguro? Como vou passar por algumas regiões?

 

Já deu para ver que, mesmo fazendo tudo na ponta do lápis, os prejuízos ficam incalculáveis e imprevisíveis de mensurar.

 

Um roteirizador, nesta etapa, é fundamental!

 

Aconselhamos você a pensar em implementar esse método juntamente com a ajuda da tecnologia. Isso com certeza facilitará todo este trabalho, pensar pelo roteirista e entregar a rota mais assertiva em poucos minutos. 

 

A roteirização ainda pode reduzir a ociosidade da frota, de veículos que rodam quase vazios que podem aproveitar entregas para fazer coletas ou agrupar os eventos logísticos de uma região em um só veículo. 

 

Afinal, o que é de fato um roteirista?

 

Aqui, não estamos falando dos roteiristas de cinema, viu?

 

Conhecido também por roteirizador, é o profissional responsável por organizar rotas de entregas. Sua função é programar o processo dos eventos logísticos, manualmente ou com a ajuda de um sistema de roteirização.

 

Sistema de roteirização? O que seria isso?

 

Óbvio que esse processo é muito mais fácil com o auxílio da tecnologia. Como falamos logo acima, sobre os percalços do processo manual, a utilização de um software possibilita deixar de lado preocupações em como será feito as entregas, além de passar para os motoristas, receber as confirmações, digitalizar os canhotos e fazer os relatórios. 

 

Qual cargo é relacionado ao roteirista que entende desta tecnologia?

 

É uma peça fundamental para uma logística de sucesso. Com as rotas traçadas, o roteirista busca os melhores percursos, muitas vezes também responsável pelos fretes e a otimização dos processos. Cargos relacionados que podem ocupar a mesma função são de analista de frota ou transportes, assistente de frota ou transportes e auxiliar de frota ou transportes.

 

Quais são os tipos de roteirização?

 

O gestor deve escolher qual é a melhor maneira de traçar as rotas, levando em consideração as vantagens de cada técnica. As principais técnicas de roteirização são divididas em:

 

Separação manual: por CEP ou rota, sendo o motorista quem sequência e faz as rotas;

 

Separação semi-automática: onde o sistema faz uma primeira separação baseada em um cadastro de CEP ou rota, e alguém opera e faz os ajustes adicionais;

 

Separação e Roteirização semi-automática: onde um roteirista seleciona quais atendimentos vão para cada veículo e o sistema gera a rota e coloca os atendimentos na melhor ordem de entrega possível;

 

Roteirização automática: sistema separa e sequência toda a massa de entregas e coletas, utilizando a geolocalização que traça uma rota muito mais assertiva e o roteirista apenas confere no fim do processo. 

 

O sistema de roteirização

 

Um sistema de roteirização, ou um software de roteirização, é a ferramenta que facilita a vida de todo gestor de entregas. A tecnologia da ferramenta é eficaz na hora de traçar as melhores rotas e entregar agilidade e economia para a operação. 

 

Com um sistema de roteirização, é possível ter vantagens que não se encontram na roteirização manual, por exemplo. A maioria das vantagens colabora para a redução de custos e o aumento da produtividade da frota de veículos. 

 

Os benefícios e vantagens da roteirização se resumem em:

 

- Melhoria no uso da frota e na separação das cargas;

- Redução de gastos com manutenção do veículo;

- Redução média de 30% com custos logísticos;

- Encurtar distâncias e km desnecessários;

- Diminuir o tempo ocioso da operação;

- Maior assertividade na rota traçada;

- Acompanhamento de motorista;

- Economia de combustíveis.

 

Como escolher um software para roteirização de frota

 

Atualmente, existe uma grande variedade de softwares disponíveis no mercado para a roteirização de transporte. Com tantas opções, pode ficar difícil escolher o programa ideal para a planejar as rotas da frota.

 

Para não errar na escolha, é necessário sempre pensar na sua empresa. Antes de começar a procurar o software de roteirização, reflita nessas 3 perguntas abaixo:

 

1) Quais suas necessidades, ou seja, o que você precisa que o sistema faça?

2) Existe alguma restrição que o sistema deva considerar?

3) Quais os problemas que a roteirização precisa resolver?

 

Depois destas reflexões, precisamos abordar que existem algumas qualidades que você deve procurar no seu aplicativo de roteirização. A seguir, confira algumas mais importantes para simplificar a comparação entre os sistemas:

 

- Gerar rotas para vários veículos e destinos simultaneamente;

- Cadastro de horários de trabalho dos motoristas e integração dessa informação no planejamento da rota;

- Cadastro de informações sobre a carga, como peso, volume, tipo e valor;

- Planejamento de rotas com restrições de prazo;

- Estimativa do tempo de entrega para cada rota;

- Flexibilidade para mudanças e ajustes;

- Equipe de suporte disponível e eficiente para o caso de problemas com o software.

 

Exemplos de roteirização

 

A roteirização entrega o caminho mais eficiente, que será feito com menos custos. Confira abaixo um exemplo disso na prática!

 

- O veículo fará uma entrega saindo da cidade A, onde está o centro de distribuição, para a cidade E, onde é possível fazer duas rotas, a primeira com trechos de estrada de chão e a segunda totalmente asfaltada. 

 

- A diferença entre uma rota e outra é de pouco mais de 25 km, porém na estrada de chão, o veículo consome mais combustível. Na primeira rota, o valor gasto em combustível chega a R$ 190, fazendo uma média de 4,5 km/l. Enquanto na segunda, o valor gasto em combustível é de R$ 165, com uma média de 6 km/l.

 

Se não for colocado no papel todos os detalhes, a primeira opção logo é escolhida, por ser menor a distância. Mas levando em consideração os trechos de estrada de chão e, consequentemente, os gastos com combustível, a melhor rota para se fazer é a segunda. 

 

Este é um exemplo básico, mas é possível colocá-lo em qualquer situação. Um roteirizador é programado para levar em conta informações como essas, automaticamente, facilitando o trabalho e o tempo em planejar as rotas.

 

10 razões para sua empresa usar um roteirizador de entregas

 

Agora que você sabe tudo sobre roteirização, vamos apresentar 10 razões para sua empresa usar um roteirizador de entregas e coletas. Você pode conhecer os detalhes de cada item aqui.

 

1) Redução de custos;

2) Otimização de tempo e aumento de produtividade;

3) Eficiência e pontualidade;

4) Sequenciamento de entregas;

5) Uso de janela de entregas;

6) Gestão de frota e de equipe;

7) Monitoramento;

8) Relacionamento com o cliente final;

9) Análise e tomada de decisão;

10) Aumento da segurança.

 

E aí, gostou do conteúdo que o portal On Truck elaborou?

 

Então, compartilhe nos grupos de Zap e Facebook da rapaziada!

 

Até a próxima!

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários