Quarta, 25 de Maio de 2022
Economia MEI Caminhoneiro

MEI Caminhoneiro: o que é, quais as vantagens e como aderir?

Desde o ano passado o governo federal abriu essa possibilidade. Veja as regras

26/04/2022 às 18h18
Por: Redação Fonte: Jornal Contabil
Compartilhe:
Foto: Reprodução Internet
Foto: Reprodução Internet

Ser um Microempreendedor Individual (MEI) é o sonho de muitos cidadãos brasileiros. Afinal, ter uma carga tributária menor, emitir notas fiscais e ter um CNPJ são algumas das vantagens ao aderir a esta modalidade.

 

 

Desde o ano passado, a categoria dos caminhoneiros tem essa possibilidade. A Lei Complementar 188/2021, chamada de MEI Caminhoneiro, permitiu que este profissional se torne um microempreendedor também.

 

Veja a seguir o que é o MEI caminhoneiro, como funciona, quais as regras e como aderir a esta modalidade. Acompanhe.

 

O que é o MEI Caminhoneiro?

 

Quem trabalha com transporte de carga sabe muito bem que os custos com essa operação são altos. Aumento do combustível, óleo, pneu, carga tributária pesada e até mesmo os pedágios são os principais fatores que impactam diretamente nesse tipo de operação.

 

Entretanto, com a sanção do MEI Caminhoneiro, agora os motoristas de caminhão têm a oportunidade de ter um atendimento mais completo e simplificado, uma vez que eles não conseguiam ter suas despesas e receitas dentro do limite anual do MEI tradicional, que era de R$ 81 mil.

 

Desta forma, o MEI Caminhoneiro é a inclusão dos caminhoneiros em uma nova categoria de atividades dentro do MEI tradicional, que considera o transportador autônomo.

 

Todavia, essa categoria tem suas particularidades, como por exemplo, um valor de contribuição mensal diferente, bem como o faturamento anual e a porcentagem sobre o salário mínimo.

 

Quais as vantagens de ser um MEI Caminhoneiro?

 

Ao se tornar MEI Caminhoneiro, o trabalhador autônomo ganha um registro no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), sendo enquadrado no modelo Simples Nacional, onde a arrecadação de tributos tem valor fixo por atividade em pagamento único mensal.

 

O Mei Caminhoneiro tem um limite de faturamento anual de até R$ 251.600 por ano e taxas mais em conta (12% do salário mínimo). Além disso, por ter um CNPJ, o MEI Caminhoneiro, também poderá emitir notas fiscais, além de passar a ter direito a alguns benefícios previdenciários dos trabalhadores registrados, como aposentadoria, auxílio-maternidade e auxílio-doença.

 

 

Pensa que terminou? Ainda tem mais: recolhimento do INSS via DAS, linhas de crédito e desconto especiais, até 30% desconto na compra de automóveis, planos de saúde e outros (através do CNPJ) e Conta pessoal e empresarial separadas.

 

Além disso é preciso cumprir os seguintes requisitos:

  • ter um funcionário, no máximo;
  • não ser sócio, não se tornar titular ou administrador de outra empresa;
  • não ter filial e nem abrir uma;
  • não ter um outro CNPJ.

 

Os impostos previstos para o MEI Caminhoneiro são:

  • O Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS), que é obrigatório para todo MEI;
  • O Imposto sobre Serviços (ISS) e o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), que são valores fixos.
  • ]

 

Qual a CNAE do MEI Caminhoneiro? Quais as permitidas e não permitidas?

 

Para quem não está familiarizado, a CNAE é a sigla de Classificação Nacional de Atividades Econômicas. A atividade de caminhoneiro(a) já foi adicionada à lista de ocupações permitidas no MEI com CNAE 4930-2/02. 

 

Como abrir o MEI Caminhoneiro?

 

Para aderir a esta modalidade basta seguir o passo-a-passo:

  1. Acesse o “Portal do Empreendedor”.
  2. Clicar em “Quero ser MEI”;
  3. Após isso, selecionar “Formalize-se”;
  4. Ter em mãos os seguintes documentos: CPF, CNH ou RG, Comprovante de residência, Declaração do IR, caso tenha feito nos últimos dois anos;
  5. Ao se cadastrar, informe as ocupações do CNPJ, incluindo caminhoneiro.

 

Se você é caminhoneiro e se enquadra nas regras citadas, já pode dar início ao seu processo de formalização. Boa sorte!

 
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários